Início Destaque ASSINALEI O EIXO ERRADO NO ENCCEJA, e agora?

ASSINALEI O EIXO ERRADO NO ENCCEJA, e agora?

0
ASSINALEI O EIXO ERRADO
ASSINALEI O EIXO ERRADO

ASSINALEI O EIXO ERRADO . Os Eixos são as provas que você deverá fazer no Encceja 2019. Contudo, o que nem todo participante sabe, é que nem todos precisam realizar todos os Eixos que são pedidos no momento da inscrição.

Você eliminou algumas matérias em outro supletivo e não sabe se precisa fazê-los novamente? Já fez alguma edição do  Encceja passada e ficou pendente somente em algumas matérias e não todas? Tem qualquer tipo de dúvida que envolvam os Eixos que você deverá assinalar?

Explicamos tudo que você precisa saber para não errar bem aqui.

Mas, para você que já fez a inscrição para o Encceja 2019 e acabou errando na escolha dos Eixos… Não precisa se preocupar, você ainda pode alterar essa escolha durante todo o período de inscrição (20/05 ao dia 31/05).
ASSINALEI O EIXO ERRADO.

Existem somente alguns detalhes que podem ser modificados na inscrição após a conclusão da mesma, e a escolha dos eixos é uma delas. Todavia, para não errar, é de extrema importância que se atente aos detalhes no momento de preencher.

ASSINALEI O EIXO ERRADO.

Contudo, o mais importante é saber que não é necessário desistir da prova ou desanimar na hora dos estudos por achar que precisa estudar para um Eixo que você já eliminou. Existe sim a possibilidade arrumar o Eixo que foi assinalado errado.

Se cadastre aqui e receba todos os avisos importantes sobre o Encceja 2019.

O Encceja 2020 (Exame Nacional para Certificação de Jovens e Adultos) é o que você estava procurando, porque é uma prova que certifica jovens e adultos que não conseguiram terminar o Ensino Fundamental e/ou Ensino Médio. Em 2019 foram mais de 2,9 milhões de pessoas que fizeram suas inscrições para o exame.

A prova é considerada o jeito mais fácil de terminar os seus estudos no Brasil, sendo que com apenas uma única prova é possível completar o Ensino Médio.

Quem é aprovado recebe um certificado verdadeiro, emitido por órgãos autorizados pelo Ministério da Educação (MEC), como institutos federais e secretarias estaduais de educação. Esse certificado serve para fazer faculdade, prestar concurso público ou fazer curso técnico.